Os piores personagens infantis já inventados na TV



Os adultos também conhecem os programas infantis, de um jeito ou de outro, já que precisam escolher o que os pequenos verão ou não. Por isso, não há como deixar de entrar em contato com personagens que foram criados com o propósito de agradar o público infantil. Sabemos que o carisma de alguns deles vai além do infantil e encanta todo mundo, no fim das contas.

Porém, sempre existem aqueles que se destacam pela via inversa, deixando pais, avós, tios e demais parentes mais velhos com pouca paciência para assistir aos programas com as crianças. Claro que alguém pode pensar “Nossa, que gente chata pra reclamar disso…”, e nem deixa de ter razão, já que são produtos pensados para idades menores. A justificativa é que os mais velhos, às vezes, não tem como escapar de assistir a essa programação também.

Por isso, elaboramos uma lista dos piores personagens infantis já inventados na TV. Sim, sabemos que, nesse assunto, não é a nossa opinião que vale alguma coisa, mas quem resiste a uma lista? Ainda mais quando é dedicada a falar mal de algo. Confira a seguir nossa seleção.

Os piores personagens infantis já inventados na TV

1 - Angelica Pickles - Rugrats: Os Anjinhos

Nada pior que criança mimada e consciente do seu poder sobre as pessoas. Em Rugrats: Os Anjinhos, Angelica tinha mais ou menos três anos e era capaz de se comunicar com os bebês e com os adultos, o que garantia a ela uma vantagem e tanto naquele ambiente. Mandona e manipuladora, ela dificultava muito a vida dos personagens mais novos do desenho.

Claro que ela também sempre recorria ao bom e velho berreiro até conseguir o que queria. Muitos pais viram essa personagem como um péssimo exemplo para as crianças que assistiam a série, fazendo de Angelica um dos exemplos recorrentes quando se fala de piores personagens infantis.

2- Caillou - Caillou

A série animada canadense Caillou estreou no fim da década de 1990, com um personagem homônimo como protagonista. Travava-se de um menino de quatro anos, em histórias adaptadas dos livros infantis escritos por Christine L’Heureux e ilustrados por Hélène Desputeaux. Por que o menino está nesta lista? Porque era uma criança birrenta e chorona, uma garantia de atrair a antipatia dos adultos.

Abordar questões típicas da idade do protagonista não a livrou de várias críticas sobre o comportamento de Caillou. Curiosamente, gerou várias teorias. Entre elas, especulou-se que o garoto seria careca por ter câncer, algo que a editora logo negou, explicando que seria apenas uma escolha de visual que surgiu por acaso.

3- Roger Klotz - Doug

Quase todo mundo adora o simpático Doug Funnie, protagonista da série animada Doug. Os personagens adolescentes carismáticos conquistaram as crianças e um público um pouco mais velho, graças à inocência e leveza dos episódios. No entanto, como estamos falando de adolescentes, é claro que não poderia faltar um valentão metido e chato, papel que coube a Roger Klotz, uma espécie de rival do personagem principal.

Roger atormentava Doug com brincadeiras sem graça e atraía o desprezo do público, que sempre torcia para que ele acabasse se dando mal. Claro que isso era o que acontecia e, nos episódios seguintes, lá estávamos nós torcendo contra ele a cada nova aparição. No fim das contas, Roger nem era má pessoa, mas fazia força para ser desagradável.

4 - Gazoo - Os Flintstones

Nem os clássicos escapam de criar personagens ruins ou irritantes. Neste caso, saindo um pouco dos exemplos que nos incomodam pelo comportamento, Gazoo aparece na lista de piores porque não tem nada a ver com a proposta da animação. Os Flintstones eram uma espécie de sitcom com família norte-americana, mas ambientada na idade da pedra. A inclusão de um coadjuvante alienígena com super-poderes não poderia ser mais equivocada.

Com Os Flintstones já há alguns anos no ar, parece que as ideias começavam a faltar e a solução foi apelar. O contraste dele com o clima que série construiu é tanto que o público mais velho quase não lembra de Gazoo. Ou talvez não queira lembrar, o que é perfeitamente compreensível. Um grande deslize no catálogo inesquecível da Hanna-Barbera.

5- Snarf - Thundercats

Exibido originalmente entre 1985 e 88, Thundercats mirava um público um pouco mais velho, mas os produtores sempre davam um jeito de criar algum apelo para os menores. Era uma tendência criar um personagem fofinho que destoasse do restante e aqui temos Snarf, um alívio cômico e irritante, além de deslocado do cenário geral. Não só pelo comportamento, mas pela sua estrutura física.

A coisa ainda piorou um pouco quando a série se encaminhou para seus momentos finais e novos personagens foram adicionados. Apareceu o sobrinho Snarfinho, que duplicou a carga incômoda que o público tinha que aguentar na série. É mesmo muito chato quando percebemos que certos personagens foram criados apenas para vender mais um brinquedo de pelúcia.

6 - Lula Molusco - Bob Esponja

Chato, egocêntrico e esnobe. Lula Molusco é um personagem que passa essa imagem para o público. Ainda que seja uma figura sob medida para fazer o contraste com a alegria ingênua de Bob Esponja e Patrick, ele é tão antipático quanto é divertido, de uma forma que até relativiza sua presença em uma lista de piores personagens. Afinal, se ele não fosse tão detestável, o desenho perderia muito do seu charme.

Mas atire a primeira pedra quem não torceu para que Lula Molusco recebesse uma lição de humildade no final dos episódios em que aparece. Muito provavelmente, até as crianças torceram por isso. Provocar esse tipo de sentimento não é tão fácil, o que mostra o quanto esse personagem é desagradável. No bom sentido, é claro.

7- Fofão

Uma criação brasileira e nem é personagem de animação. Fofão apareceu inicialmente no programa Balão Mágico, da Rede Globo. Curiosamente, seu visual semi monstruoso parecia mais adequado para assustar crianças do que divertí-las. Fez sucesso o bastante o bastante para ter um programa só seu na TV Bandeirantes e licenciar produtos através de uma empresa criada exclusivamente para isso, algo difícil de acreditar hoje em dia.

O personagem foi desenvolvido pelo ator e humorista Orival Pessini, especialista na confecção de máscaras. Até hoje é possível encontrar alguma referência ao Fofão, cuja popularidade acabou superando a de seu próprio criador, falecido em 2016.

Assine SKY TV e garanta muito conteúdo infantil

Precisa de conteúdo infantil para distrair a criançada em casa? Assine SKY TV e tenha acesso a um mundo de programação que diverte todo mundo. Confira abaixo alguns dos nossos pacotes SKY TV por assinatura.

  • EASY HD - São mais de 135 canais, com os melhores canais e opções para toda família, com 1 ou 2 equipamentos SKY e canais em HD.
  • NEW FUN PLUS HD - São mais de 181 canais, com os melhores canais e opções para toda família, com 1 ou 2 equipamentos SKY e canais em HD.
  • MEGA PLUS HD - São mais de 196 canais, com os melhores canais e opções para toda família, com 1 ou 2 equipamentos SKY e canais em HD.
  • COMBO PLUS HBO HD - São mais de 204 canais, com os melhores canais e opções para toda família, com 1 ou 2 equipamentos SKY e canais em HD.
  • COMBO PLUS TELECINE HD - São mais de 202 canais, com os melhores canais e opções para toda família, com 1 ou 2 equipamentos SKY e canais em HD.

O atendente da SKY fala com você agora mesmo

Telefone da SKY

Televendas SKY: 0800 106 1111
Promoções SKY telefone: 0800 106 1111
Atendimento SKY para clientes: 106 11
SKY TV telefone: 0800 106 1111
Dúvidas e reclamações - SKY SAC: 106 11
SKY Internet número: 0800 106 1111

Saiba mais sobre os pacotes da SKY

  • SKY Pós Pago
  • SKY Pré Pago
  • SKY TV
  • Confira o telefone SKY