Os melhores filmes de suspense da última década

O melhor do cinema em sua casa

Os melhores filmes de suspense da última década - SKY TV

Suspense bom é aquele que deixa a gente grudado no sofá, com aquele frio na barriga. Filmes onde a gente não vê o tempo passar e nos envolvem com tramas inusitadas, que desembocam em finais surpreendentes. Nessa linha, a última década entregou várias obras dignas de nota, fazendo a alegria de um público que se entretém com esse gênero.

Os melhores filmes de suspense da última década

SKY - A GENTE SE DIVERTE JUNTOS

Ótimos filmes de suspense dos últimos 10 anos

Confira nossa lista especial, que contempla filmes de várias nacionalidades e estilos. Situações das mais diferentes onde os diretores capricharam no clima de aflição e incerteza, com roteiros criativos e bem desenvolvidos. Obviamente, temos também grandes atuações neste conjunto.

1 – Garota Exemplar (2014)

Ben Affleck é o marido acusado de matar sua esposa, vivida pela ótima Rosamund Pike, criando um circo midiático nacional em torno do caso pelo fato da mulher ser uma celebridade. Conforme a narrativa entrega aos poucos os detalhes da relação, o público fica em dúvida sobre o que realmente aconteceu. David Fincher arrasa na direção até um final surpreendente.

2 – Sicario: Terra de Ninguém (2015)

Dennis Villeneuve comandou este roteiro tenso, cabendo a Emily Blunt interpretar uma esgotada agente do FBI, recrutada para auxiliar na guerra contra as drogas na fronteira com o México. Nem tudo é o que parece nesta operação, cheia de personagens ambíguos que atuam nas sombras. A fotografia é um show à parte.

3 – O Abutre (2014)

Um filme incômodo, com um protagonista idem. Jake Gyllenhaal interpreta um desempregado sem quaisquer escrúpulos para conseguir trabalho. Inserindo-se no mundo sensacionalista do telejornalismo de crimes violentos, ele se destaca e passa a fazer de tudo para tornar suas filmagens mais atrativas. A direção e o roteiro de Dan Gilroy são perfeitos, ainda mais valorizados pelo trabalho do ator principal.

4 – O Animal Cordial (2017)

Representante nacional da lista, O Animal Cordial é dirigido por Gabriela Amaral, mostrando um dono de restaurante, Murilo Benício, durante um assalto ao seu negócio no final do expediente. Com bandidos e clientes confinados no local, a história se estende pela noite inteira, onde o protagonista acaba revelando sua verdadeira natureza violenta.

5 – A Caça (2012)

Thomas Vinterberg dirige Mads Mikkelsen, que interpreta um professor acusado de pedofilia pela filha pequena de um amigo. Hostilizado por todos os lados, sua vida se torna um inferno, sem qualquer chance de defesa. Uma narrativa angustiante, conduzindo espectadores até um desfecho surpreendente.

6 – Animais Noturnos (2016)

Um filme estruturado em uma linha narrativa “real” e outra que representa o livro escrito por um dos personagens. Amy Adams é a dona de uma galeria, em um casamento infeliz que lhe proporcionou conforto material. Quando seu ex faz sucesso como escritor, ela procura paralelos entre a ficção e a sua realidade. O diretor Tom Ford mostrou domínio de ritmo e das doses de tensão.

7 – Culpa (2018)

Um policial problemático, cumprindo um plantão telefônico, atende uma ligação de uma mulher desesperada, mas é obrigado a lidar com a situação sem se deslocar. Condução exemplar do diretor sueco Gustav Möller, desenvolvendo a trama toda com apenas um ambiente e na interação via telefone.

8 – Você Nunca Esteve Realmente Aqui (2017)

Um traumatizado veterano da Guerra do Golfo vive com sua mãe, sobrevivendo com o inusitado trabalho de recuperar adolescentes cooptadas. Quando um senador o contrata para que traga de volta sua filha de 13 anos, ele se percebe em uma trama que coloca sua vida em risco. A diretora Lynne Ramsay investiu na subjetividade da visão do protagonista, com um resultado fantástico.

9 – A Pele que Habito (2011)

Pedro Almodóvar parece uma escolha inesperada para essa lista, mas A Pele que Habito tem um trama que justifica sua escolha. Um médico brilhante desenvolve uma pele sintética, em busca de reparar um erro do passado. Por vezes lembrando Frankenstein, os desdobramentos desta história são surpreendentes, envolvendo questões de identidade e muito mais.

10 – O Espião que Sabia Demais (2011)

Adaptação do livro de John le Carré, O Espião que Sabia Demais mostra toda a capacidade do diretor Tomas Alfredson, em uma trama cheia de reviravoltas e personagens misteriosos. Gary Oldman é o membro do MI6 que precisa adiar sua aposentadoria para encontrar um espião soviético infiltrado na inteligência britânica. Além de tecnicamente impecável, o filme reuniu uma constelação em seu elenco.

11 – Mãe! (2017)

Com Javier Bardem e Jennifer Lawrence à frente, Darren Aronofsky criou sua alegoria de fundo religioso, dando origem a um filme tenso que vai colocando seus símbolos aos poucos para o público juntar as peças. Quando o cenário fica claro, surge a dúvida sobre qual será o desfecho dentro desta lógica interna. Um filme para fazer pensar e para gerar muitas discussões.

A plataforma SKY Play oferece milhares de conteúdos para assistir. Desde filmes até canais ao vivo, com o melhor do entretenimento. A nossa ideia é sempre facilitar para que você aproveite ainda mais seu tempo de descanso e descontração.

Conheça nossos pacotes:

 

sky pos pago
sky pós pago
sky pre pago
sky pré pago
sky internet
sky internet

Leia também: